Indicação em Vídeo-Histeroscopia

Indicação em Vídeo-Histeroscopia

Baseado em 0 avaliações
  • 10 Horas de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
  • 1 Avaliação
  • 6 meses de suporte
  • Certificado de conclusão
Parcele em 6x R$ 18,33 (ou R$ 110,00 à vista )
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!

Luis Carlos da Silva Santos

Diretor técnico, do centro de vídeo-Endoscopia do Rio de Janeiro, Diretor técnico da HISTEROLAP- Endoscopia Ginecológica, Especialista em Vídeo-endoscopia Ginecológica e Professor do Curso de Pós-Graduação do Instituto Fernandes Figueira. Aborda o sangramento uterino; Infertilidade; Localização de corpo estranho; Diagnóstico e acompanhamento de afecções uterinas; Dor pélvica cônica; Diagnóstico de afecções uterinas suspeitadas por outra técnica; Avaliação de cavidade uterina; Situações Especiais; Vídeo-Histeroscopia cirúrgica no tratamento das afecções uterinas; Abalação de endométrio, Polipectomia e Classificação de Miomas.

6 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 6 meses após a matrícula.

 

Luis Carlos da Silva Santos
""


Diretor técnico, do centro de vídeo-Endoscopia do Rio de Janeiro,

Diretor técnico da HISTEROLAP- Endoscopia Ginecológica,

Especialista em Vídeo-endoscopia Ginecológica e

Professor do Curso de Pós-Graduação do Instituto Fernandes Figueira.

Nenhuma descrição cadastrada.

Conteúdo Programático

  • 1. Indicação em Vídeo-Histeroscopia
  • Indicação em Vídeo-Histeroscopia

Dúvidas Frequentes

O pagamento poderá ser efetuado através de boleto bancário, débito automático ou cartão de crédito pelo pagseguro. podendo ser parcelado em até 6 vezes dependendo do número de aulas.
Estamos disponíveis à atendê-los de Segunda a Sexta-feira, das 8:00h ás 20:00h, exceto feriados.
O MEC não faz a certificação de instituições que não sejam de nível fundamental, médio, técnico ou superior. Nossos cursos são classificados como livres e de atualização, portanto não necessitam de portaria de regularização. No entanto, os cursos são válidos em todo o território nacional e podem constar no seu currículo. Além disso, a lei nº 9.394, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional mostra que os Cursos Livres passaram a integrar a Educação Profissional, que é a modalidade de educação não-formal de duração variável, destinada a proporcionar ao trabalhador conhecimentos que lhe permitam reprofissionalizar-se, qualificar-se e atualizar-se para o trabalho. Esta mesma lei cita que não há exigência de escolaridade anterior para esta modalidade de ensino. Fonte: Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.
Voltar ao topo